Arroz com Jambu



Arroz com Jambu
4 Porções
Tempo: 40 min
Ingredientes:
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 3 dentes de alho picados
  • 1 cebola média picada
  • 2 xícaras (chá) de arroz
  • 4 xícaras (chá) de água fervente
  • Sal a gosto
  • 1 maço de jambu
  • 2 xícaras (chá) de tucupi

Modo de Preparo:
  • Em uma panela grande, derreta a manteiga em fogo médio e adicione o alho e a cebola, refogue até ficarem macios e dourados. Junte o arroz e mexa bem para envolver os grãos na manteiga.
  • Tempere com sal a gosto e adicione a água fervente. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo baixo até o arroz absorver toda a água.
  • Enquanto o arroz cozinha, lave bem as folhas para tirar resto de terra do jambu, separe os talos mais grossos e semente amarela do flor.
  • Numa outra panela, coloque o tucupi e leve ao fogo alto até ferver. Abaixe o fogo e adicione as folhas com os talos de jambu, os mais finos. Cozinhe por cerca de 10 minutos, até o jambu ficar macio e murchar. Escorra o jambu e reserve o tucupi.
  • Quando o arroz estiver cozido, solte os grãos com um garfo. Pique grosseiramente as folhas e os talos de jambu e misture com o arroz.
  • Regue com um pouco do tucupi reservado e mexa delicadamente. Transfira para uma travessa e sirva em seguida ou mantenha aquecido até a hora de servir.

Curiosidades Sobre a Receita

O arroz com jambu é uma receita que eu adoro fazer em casa. É um prato típico da culinária paraense, minha terra, que leva o jambu, uma erva que tem um efeito anestésico na boca.

O jambu é cozido com o arroz e temperado com tucupi, um caldo extraído da mandioca brava. O resultado é um arroz saboroso, macio e com um toque de frescor.

Eu gosto de fazer o arroz com jambu em dias especiais, como aniversários ou datas comemorativas, principalmente no Círio de Nazaré. É uma forma de homenagear a cultura e a gastronomia do Pará, que é tão rica e diversa. Além disso, o arroz com jambu combina muito bem com outros pratos regionais, como o pato no tucupi, o tacacá ou o peixe frito.

A receita de arroz com jambu não é difícil de fazer, mas requer alguns cuidados. O primeiro é escolher um bom jambu, que deve estar fresco e verde. O segundo é cozinhar o tucupi antes de usar, para eliminar a toxina da mandioca. O terceiro é acertar o ponto do arroz, que deve ficar soltinho e úmido.

Eu aprendi essa receita em casa com minha família, aqui o que não falta é reunião em família.

Que tal fazer o arroz com jambu junto comigo? Eu vou te mostrar o passo a passo dessa receita deliciosa e surpreendente. Você vai se apaixonar pelo sabor e pela sensação do jambu na boca. Vamos começar?

Tempo total da Receita

  • Tempo de preparo: 15 minutos
  • Tempo de cozimento: 25 minutos

Rendimento da Receita

  • 4 porções
  • 1 xícara (chá) de arroz por porção

Informação Nutricional

A informação nutricional a seguir é referente a uma porção de 1 xícara (chá) de arroz com jambu, que corresponde ao rendimento da receita. Os valores podem variar de acordo com os ingredientes e o modo de preparo.

  • Calorias: 212 kcal
  • Carboidratos: 40 g
  • Proteínas: 4 g
  • Gorduras: 4 g
  • Fibras: 1 g
  • Vitamina C: 10 mg
  • Ferro: 1 mg
  • Potássio: 140 mg


Dicas Adicionais:

Receita em Vídeo

Para quem gosta de receita em vídeo, indiquei um do canal: @katiacristinaferreira2008

A receita do vídeo tem um outro processo de preparo.

Variações da Receita

Você pode variar a receita de arroz com jambu de acordo com o seu gosto e os ingredientes disponíveis. Algumas ideias são:

Adicionar camarões ou peixes ao arroz para incrementar o sabor e a proteína.

Substituir o tucupi por leite de coco ou caldo de legumes para dar um toque diferente.

Acrescentar pimenta-de-cheiro ou pimenta-do-reino para dar mais picância ao prato.

Usar arroz integral ou arroz parboilizado para uma versão mais saudável e nutritiva.


Dúvidas Frequentes da Receita

Muitas pessoas têm dúvidas sobre essa receita, então separamos as principais para você. Confira as perguntas e as respostas abaixo:

O que é jambu?

O jambu é uma erva típica da região Norte do Brasil, que tem um efeito anestésico na boca. É muito usada na culinária paraense, especialmente no tacacá e no pato no tucupi.

O que é tucupi?

O tucupi é um caldo extraído da mandioca brava, que precisa ser cozido antes de consumido para eliminar a toxina. Tem uma cor amarelada e um sabor ácido e aromático.

Onde encontrar jambu e tucupi?

Você pode encontrar jambu e tucupi em feiras livres, mercados públicos ou lojas especializadas em produtos regionais. Se não encontrar na sua cidade, você pode comprar pela internet ou substituir por outros ingredientes.

Como conservar o jambu e o tucupi?

O jambu deve ser conservado na geladeira, em um saco plástico ou em um recipiente com água. O tucupi deve ser guardado em um pote fechado na geladeira ou no freezer.

Como fazer o arroz com jambu mais rápido?

Uma dica para fazer o arroz com jambu mais rápido é usar o arroz já cozido e o jambu já fervido. Assim, você só precisa refogar os temperos, misturar os ingredientes e aquecer bem.


Custo da Receita

O custo da receita de arroz com jambu pode variar de acordo com os preços dos ingredientes na sua região. Mas, em média, você pode gastar cerca de R$ 15,00 para fazer 4 porções. Isso significa que cada porção sai por R$ 3,75.

Se você quiser lucrar vendendo essa receita, você pode cobrar um valor maior por cada porção, considerando os custos de embalagem, transporte e divulgação. Por exemplo, se você cobrar R$ 6,00 por cada porção, você terá um lucro de R$ 2,25. Se você vender 20 porções por dia, você terá um lucro de R$ 45,00.


Curiosidades Dessa Receita

Você sabia que o arroz com jambu tem muitas curiosidades interessantes? Neste subtítulo, vamos contar algumas delas para você. Acompanhe e descubra mais sobre essa receita típica do Pará.

O efeito do jambu na boca

O jambu é uma erva que tem um efeito anestésico na boca. Isso acontece porque o jambu contém uma substância chamada espilantol, que ativa as terminações nervosas da língua e provoca uma sensação de formigamento e dormência. Esse efeito é chamado de parestesia e dura alguns minutos.

A origem do tucupi

O tucupi é um caldo extraído da mandioca brava, que é uma planta venenosa se consumida crua. Para obter o tucupi, a mandioca brava é descascada, ralada e espremida em um tipiti, que é um cilindro de palha trançada. O líquido resultante é o tucupi, que precisa ser cozido antes de usar para eliminar a toxina.

A versatilidade do arroz com jambu

O arroz com jambu é um prato que pode ser servido como acompanhamento ou como prato principal, combina muito bem com outros pratos regionais, como o pato no tucupi, o tacacá ou o peixe frito. Ele também pode ser incrementado com camarões ou peixes para dar mais sabor e proteína. Podendo ser feito com diferentes tipos de arroz, como o integral ou o parboilizado.

 

Fontes nutricionais: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO)  e Tabela de Informação Nutricional do Arroz Jasmim.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Compartilhe:
Valéria Cristina

Outras Receitas Paraenses


Como Fazer Arroz com Jambu

Vatapa paraense

Vatapá Paraense

Almoço do Círio

Almoço do Círio

Frango com Tucupi

Frango com Tucupi

Arroz com Jambu

Arroz com Jambu

Pato no Tucupi

Pato no Tucupi

Arroz Paraense

Arroz Paraense

maniçoba

Maniçoba

Receita de tacacá

Tacacá


Mais Recentes


Bolo Amanteigado

Bolo Amanteigado

pão sem sovar

Pão Sem Sovar